Total de visualizações de página

terça-feira, 18 de março de 2014

EU E MINHA ESPOSA INICIANDO O GAROTO VIZINHO 1

O que passo a contar aqui aconteceu realmente, meu nome é Paulo e sou casado com a Lilian, ela sempre foi muito tímida, creSceu com a rigidez da educação de seus pais que sempre a proibiram de tudo, quando me conheceu, tinha tido apenas um namorado que até tiveram sexo, mas pelo que ela já me contou eram bem inexperientes, tenho um amigo no bairro onde moro que é bem novinho, tem apenas 16 anos, como sou Analista de Sistemas e o moleque gosta muito de computador ele não sai de casa, vive me perguntando as coisas e pegando jogos e programas emprestados, minha esposa vive reclamando que ele é muito emtrão e que dei liberdade demais pra ele, realmente concordo com ela, ao invés dele chamar no portão, quando menos esperamos ele já está batendo na porta da sala e se a porta estiver aberta ele já vai chamando mas com o pé dentro de casa. Como estamos no verão resolvemos deixar a porta aberta devido ao calor, um dia minha esposa estava saindo do banho peladona e não deu outra, bem na hora que ela estava passando no meio da sala, o moleque entrou e deu de frente com ela como veio ao mundo, minha esposa gritou, o moleque ficou constrangido, pediu mil desculpas e ficou por isso mesmo, mas essa situação começou a acontecer com frequência, acho que ele ficava de olho no vitro do banheiro e sabia exatamente o instante que poderia entrar pra ver minha esposa nua, de tanto acontecer isso minha esposa já nem gritava mais, ela só dava bronca no moleque tipo poxa Dudu de novo , Po Dudu chama no portão antes de entrar , etc…, e eu sempre estou na sala nessas ocasiões, jogando no computador, com fone de ouvido e bastante distraido, quando eu percebo e olho pra trás a cena já esta no fim.
Um dia eu estava na cozinha, que tem uma janela onde dá pra ver pela abertura a sala inteira e no fundo da sala tem também um espelho enorme, a Lilian estava saindo e penteando o cabelo e a escova caiu no chão por trás de sua cabeça, ela se virou e agachou pra pegar, bem nessa hora o Dudu estava entrando e não me viu, quando olhei pra cara dele pela fresta, ele estava com o olho arregalado e se deliciando com a visão de ver minha esposa, que pude perceber pelo espelho, estava mostrando ao mesmo tempo a chaninha toda depiladinha e sua bunda maravilhosa com aquele buraquinho todo rosadinho, fora que minha esposa tem uns peitos enormes e deliciosos, sendo que ela estava com as pernas um pouco abertas e deu para ve-los bem soltos, essa deve ter sido a cena que provavelmente gerou vários e vários motivos para o moleque fazer calos em sua mão por um bom tempo.
Outra vez eu estava na sala conversando com minha esposa que estava cortando as unhas dos pés, sentada e com os dois pés em cima do sofá, ou seja, a chaninha dela estava totalmente exposta, a visão era simplesmente excepcional, ela estava com a cabeça abaixada então não percebemos a quanto tempo, mas o Dudu estava atrás de mim, vendo toda aquela cena maravilhosa, para minha surpresa, minha esposa levantou a cabeça, viu que o Dudu estava ali e simplesmente não saiu, nem se assustou e disse pro Dudu, Poxa Dudu nem vou falar mais nada, não adianta eu falar mesmo, já até acostumei a ficar pelada na sua frente, espero que voce não se acabe depois no banheiro né, seu tarado , eu olhei pra ele e disse Po meu, sua namorada não deixa você ve-la pelada não? , ele pediu desculpas como sempre puxou uma cadeira e se sentou ao lado da minha poltrona do computador, eu sentei, fiquei jogando e ele olhando eu jogar como ele sempre faz, só que minha esposa, continuava ali sentada, com tudo a vista, ele pra disfarçar um pouco, em vez de olhar direto pra ela, olhava-a pelo espelho, como se eu não fosse perceber que ele estava vendo tudo e quase pulando em cima do espelho. Uns 20 minutos depois a Lilian levantou e passou pela gente em direção ao quarto, eu até pude perceber o suspiro que o Dudu deu ao meu lado. Assim que terminei de jogar eu fiquei conversando um pouco com o Dudu na sala e disse a ele pra não ficar fazendo isso de entrar sem chamar, porque fica chato ele ficar vendo minha esposa pelada e depois você fica descontando tudo na sua namorada e ainda brinquei dizendo Sua namorada não deve ter sossego, do jeito que você é tarado e fica vendo essas coisas você deve querer comer ela a todo momento né? , ele respondeu: Eu não consigo fazer direito, minha namorada é inexperiente e eu também, a gente fica tentando, e com vergonha, mas nunca conseguimos, porque eu fico nervoso e ela mais ainda, além dela ser virgem eu também sou, isso me deixa com muita vontade, mas nunca conseguimos, fora que ela não me deixa ve-la totalmente nua, só deixa eu abrir o ziper da calça, ta fogo , e rindo eu falei a ele: Hehehe… por isso que você fica todo tarado ai armando pra ver minha esposa nua né? Po meu… toma juizo, isso é chato, pensa que não sei que vc fica olhando da rua a luz do banheiro apagar pra você entrar na minha casa, mas tudo bem, eu sei que você é meu amigo e não vai fazer nada de ruim com minha esposa, mas pare com isso por favor, quem sabe se você me prometer que não vai dar mais essas mancadas eu te dou uns toques de como você deve agir com sua namorada pra conseguir transar com ela. , ele agradeceu dizendo: Poxa Paulo, você é meu amigo mesmo, ninguém nunca me ofereceu ajuda como você, e desculpa ficar vendo sua esposa, é que ela é muito bonita, com todo respeito é claro, e eu não aguento ficar sem olhar, desde aquele dia que vi ela pelada sem querer, eu fico pensando em querer ver de novo, mas eu sei que ta errado isso, desculpa ai, prometo que não vou entrar direto mais. .
Nesse mesmo dia eu contei a conversa que tive com o Dudu para minha esposa, ela até chorou de dó do garoto e disse que iria tentar ajudar no que fosse possível.
No dia seguinte, minha esposa a vontade como sempre o Dudu para nossa surpresa chamou no portão, eu falei pelo interfone que podia entrar, mas olhei pro lado e minha esposa continuou a vontade, ai perguntei para ela: Você não vai se vestir não? , ela respondeu: Ué… coitado do Dudu, ele já viu tudo que tinha que ver aqui, o moleque é virgem, nunca ouvi falar de tarado virgem, você acha que ele vai me fazer algum mau?, deixa ele ser feliz, você sabe que sou só sua e que ele só vai ver com os olhos e lamber com a testa mesmo , eu respondi: Mas e se ele quiser lamber com a lingua? O que vc vai fazer? , ela riu dizendo: Coitado… ele nem sabe onde tem que colocar a lingua, você acha que ele vai fazer isso? Inclusive você como amigo deveria ensinar ele essas coisas , e eu disse: Olha que eu ensino em? Só que vou ter que mostrar pra ele o que é um clitoris primeiro, se não o moleque nem vai saber onde exatamente tem que chupar, hehe , ela mais uma vez me surpreendeu dizendo: Você quem sabe, eu disse que estou disposta a ajudar, se quiser eu posso ser o manequim, desde que ele não encoste a mão em mim, aliás que mau vai ter nisso?, mas só vou mostrar em. .
A conversa demorou um pouco e o Dudu já estava desesperado batendo na porta da sala, abri a porta e disse: Ué Dudu… porque você não entrou, ficou ai batendo o maior tempão , ele respondeu: Acho que você esta ficando maluco, hehe, você não me fez prometer ontem que eu teria que bater, só que achei que você não iria abrir mais essa porta e eu estava quase entrando , eu pedi pra ele esperar um pouco e fui para o quarto onde a Lilian estava deitada, pelada, assistindo TV e da porta perguntei a ela se poderia mesmo mostrar um clitoris pra ele, ela simplesmente balançou o ombro, como se disse-se, tanto faz. Voltei pra sala e disse pro Dudu que como ele estava cumprindo com a promessa eu também iria cumprir com minha palavra de que iria dar uns toques pra ele sobre sexo e disse: vem comigo! , cheguei na porta do quarto e bati pedindo licença pra entrar, minha esposa disse: Entra , quando o Dudu viu que minha esposa estava nua na cama ele pediu desculpas, mas já arregalou os olhos e percebi que seu calção começou a levantar lentamente, todas as outras vezes que ele viu minha esposa pelada ele estava de calça, e nunca tinha reparada em volume nenhum, mesmo porque não curto ficar olhando pra mala de homens, hehe, mas dessa vez foi inevitável ver o quanto o calção estava levantando, parecia que tinha um guarda chuva ali, hehe. Sentei ao lado de minha esposa que continuava olhando pra TV, vermelha de vergonha imaginando o que estava por vir, mas paralisada, como se quizece disfarçar a vergonha. Falei para o Dudu: Então Dudu, quando vc tiver com sua namorada e ela estiver nua, não tenha vergonha, primeiro você começa a acariciar seu corpo assim , e fui passando a mão nos seios de minha esposa, descendo pela barriga, subindo de novo, e comecei a beijar seu pescoço, atrás da orelha, e falando ao moleque Depois você passa de leve a mão sobre seus seios e beija seu pescoço, atrás da orelha, vai descendo, tudo com muito carinho, beija seus seios, vai descendo e passa a mão no meio das pernas dela , minha esposa fechou os olhos e começou a ficar exitada (nós não tinhamos previsto isso, hehe), percebi que ela abriu as pernas que até então estavam cruzadas de vergonha, não resisti em olhar para o Dudu que estava com o olho ainda mais arregalado e quase estourando o calção, então disse a ele agora vc vai ter que sentar aqui pra ver mais de perto porque tenho que te mostrar onde você deve chupar sua namorada, ou seja, no clitoris , ele disse assustado: Chupar??? , É… vc deve chupa-la para ela ficar mais excitada, então você pega com os dedos, abre assim. , e fui abrindo os labios vaginais de minha esposa, Coloca a lingua exatamente aqui , e coloquei a lingua em seu clitoris fazendo um movimento lento de vai e vem, olhei pra minha esposa e ela estava de olhos fechados, ela só deu uma olhada pra ver se era eu mesmo e fechou novamente e falou em vóz auta: Lembra o que nós combinamos Paulo, só você, ele não , mas ela estava excitada a ponto de já soltar alguns gemidinhos, eu não resisti chamei o Dudu mais perto e falei no ouvido dele bem baixinho pra ela não escutar Quer experimentar? , ele não pensou duas vezes, meteu a lingua na chaninha da Lilia, eu não estava acreditando no que estava acontecendo, minha esposa sendo chupada por outra pessoa, ele chupava minha esposa que gemeu de tesão por alguns instantes, passou a lingua no lugar certo, enfiou dentro do buraquinho, mas ela deve ter percebido que não era mais eu que estava ali e abriu os olhos, deu um pulo pra trás dizendo: NÃO!!!, Poxa Paulo, o que você fez, eu disse que não era pra ele me tocar, como você deixou ele fazer isso , eu respondi: Mas que mau há nisso amor, ele não vai arrancar pedaço não, coitado, mas desculpa ai então, foi mau , ela respondeu: Ta bom vai…, mas só chupar, não quero que passe disso, eu já estou ajudando demais em deixar isso acontecer , mas ela, ao falar isso, bateu o olho no calção dele que estava enorme, e deu pra perceber que ela até se assustou com o volume. Ai falei pro Dudu que ele podia continuar a chupar mais um pouquinho, enquanto ele chupava, minha esposa gemia e já de olhos abertos ficava olhando de lado no calção dele, depois de alguns segundos, quando percebi a ferramenta do moleque tinha escapado pela lateral do calção de tão duro que estava, eu me surpreendi quando vi minha esposa com o olho fixo e gemendo, vendo o tamanho da ferramenta do Dudu que deveria ter uns 18 Cm pra fora do calção, ela gemia e olhava, foi quando pedi pra ele parar e perguntei: Você sabe colocar camisinha? , ele ofegante disse que não, eu perguntei a minha esposa se ela não queria ensiná-lo a colocar, ela disse: Só se for em você, nele não , eu respondi: Mas assim ele não vai aprender direito, não vejo maldade em você colocar uma camisinha nele ela retrucou Eu posso até ensinar a colocar, mas não vou fazer nada além disso Em . Pedi pra ele tirar o calção, peguei a camisinha e dei na mão da Liliam que sentou na cama abriu a camisinha e pediu pro Dudu se aproximar, ela disse pra ele segurar na ponta da camisinha e enquanto estava girando, olhou pra mim e disse: Eu vou ter que segurar pra arrumar, posso? , eu disse que sem problemas, ela segurar na ferramenta dele pra descobri-lo, puxar e deixa-lo no jeito certo, mas percebi que ela não só ajeitou ele muito devagar, como ainda chegou a lamber os labios de tesão, sinceramente é uma cena maravilhosa, ver sua esposa segurando um outro Pinto e ajeitando com carinho. Segurou a camisinha com as duas mão, encaixou bem até o fundo e ainda ficou punhetando por uns segundos, como se estive-se ajeitando bem a camisinha, não para excita-lo ainda mais, mas porque já era uma questão de costume dela fazer isso comigo, talvez tenha esquecido que não era o meu Pinto que estava ali. Tirou a mão e disse: Pronto, agora chega . Eu disse a ela que faltava algumas aulas ainda, ela respondeu que isso já estava indo longe demais e que não queria ir adiante, eu insisti dizendo: Mas ele vai chegar pra namorada dele, colocar a camisinha e os dois não vão saber mais o que fazer, eu queria que você ensina-se a ele como que sua namorada deve chupa-lo , ela respondeu: Você ta louco Paulo, tem certeza que você não está delirando, você ta me pedindo pra eu chupa-lo, é isso?, de jeito nenhum, o máximo que posso fazer e acariciar ele, pra quebrar o ganho do moleque e não deixa-lo na mão , eu disse: Já que você já até pegou nele, porque não ensinamos tudo logo , ela respondeu: Você quem sabe depois não vem brigar comigo , e abocanhou a rola do Dudu com gosto, o moleque gemia e parecia que estava no paraiso, nisso eu tirei meu pau pra fora, porque já não aguentava mais ver aquela cena de tesão, o Dudu olhou pra minha ferramenta e tambem se assustou com o tamanho, apesar de ser só um pouco maior que o dele, é um pouco mais grosso. E eu comecei a me deliciar com a cena de minha esposa chupando outro homem, ela chupava com maestria, engolia quase tudo, passava a lingua no saco dele, o moleque já estava indo ao delirio, não resisti e pedi pra ela se deitar uma vez que ela estava sentada na cama, ela me perguntou: O que você ta pensando em fazer? , eu disse pra ela só relaxar, ela deitou, pegou o pau do Dudu que teve que se ajoelhar na cama e continuou chupando, enquanto isso eu comecei a chupa-la, ela foi se excitando cada vez mais e não resistiu em me pedir para fode-la, eu me encaixei em um papai e mamãe nela e comecei a fode-la, gozei rapido porque já estava segurando a tempo o tesão, foi quando o Dudu perguntou se podia fazer isso também: Minha esposa me olhou, continuou punhetando aquele mastro sem largar e disse: Voce quem sabe Paulo, eu não me responsabilizo, se você dizer que sim por mim tudo bem , eu não tive dúvidas, sentei na beirada da cama e balancei a cabeça dizendo que sim, o Dudu tentou subir em cima dela e se atrapalhou um pouco, pra facilitar minha esposa disse: Espera que vou te ajudar , ficou de quatro pra ele, a cena era incrivel, o Dudu se posicionou atrás dela de joelhos, encaixou meio que sem jeito sua ferramenta na entrada, minha esposa pra ajudar, segurou aquilo tudo por baixo das pernas encaixando certinho e fechou os olhos, como se disse-se VEM!, ele foi empurrando e vi seu Pinto sumindo dentro da Lilian, quando entrou quase tudo ele começou a bombar, eu estava realizado com aquela cena, não aguentei e me posicionei na frente dela, ela me chupava e gritava com as bombadas fortes que o Dudu dava, ele apesar de ser inexperiente parecia que estava descontando todas as punhetas dele ali naquele momento, minha esposa gritava de tesão ela mau conseguia chupar meu pau de tanto que gritava e gemia, minha esposa me olhou dizendo que eu era louco: Voce é louco, e agora, tem outro homem me comendo , eu disse em seu ouvido: Você não quer dar aquela outra aula pra ele não? , ela respondeu: Não… ele não vai comer meu cú, isso doi muito você sabe e não acredito que você vai deixar ele comer meu cú, demorei tantos anos pra conseguir te dar , e gemia, e chorava de tesão enquanto o Dudu não parecia gozar nunca, foi quando disse a ele para parar um pouco que tinha outra aula pra dar, ele parou e pedi pra ele abrir a gaveta do guarda roupa e pegar um lubrificante, ele perguntou: O que eu faço com isso? , e eu respondi passa bastante no seu Pau e me de o frasco , ele me deu e passei bastante no cuzinho da Lilian que já estava até fazendo aquele movimento de abrir e fechar como se estive-se piscando, disse pro Dudu encaixar ali, mas que ele tinha que empurrar devagar, ele encostou e foi empurrando, e a Lilian gritava e gemia e pedia pra ir devagar, mas ele era afobado e empurrava cada vez mais, até que começou um movimento lento de vai e vem e em instantes já estava bombando novamente, mas dessa vez, no cú de minha mulher, por fim ele gozou, desmoronou na cama e quase dormiu, a Lilian foi tomar um banho, voltou pelada dizendo que queria biz e que queria mais vezes, eu disse a nosso amigo Dudu que trouxe-se a sua namorada um dia pra gente poder ensinar pra ela também como se deve fazer e que não era pra ele sair comentando com ninguém se não nunca mais ele iria ter mais aula nenhuma. Essa história da namorada dele já aconteceu e foi ainda mais emocionante, mas fica pra outra história. Se vocês gostaram dessa história e querem participar de alguma forma dessas aulas secretas que fazemos a quatro, eu posso tentar convence-los de incluirem mais um casal na brincadeira, mas pra isso, vcs terão que enviar suas fotos, não garanto porque a ideia ainda é só minha e não falei com nenhum deles, homens sós com certeza será quase impossível, mas um casal legal talvez seja mais fácil. Eu tenho 34 anos, a Lilian tem 24, os namoradinhos (que agora não são mais virgens, hehe) tem ele 16 anos e a namorada por incrivel que pareça tem 18 aninhos e é uma coisa de louco, vcs nem imaginam o quanto é gostosinha e o melhor, ta aprendendo tudo direitinho com o professor aqui, hehe.

4 comentários:

  1. maravilhoso o desabrochar de uma mulher e nunca mais ficara sem um macho gostoso que a domine.
    Toda mulher inclusive a minha teria que ter uma experiencia desta para valorizar e curtir a
    vida sem pudores.O que esta esposa gostosa viveu se entregando e se deixando viver foi lindo demais e
    quando menos espera ela já estava submissa e sedenta de rola diferente..lindo demais me
    deixou vibrando
    leio sempre contos desse estilo imaginando a minha esposa vivendo a historia no lugar da personagem
    meu email histotinhaslegais@outlook.com

    ResponderExcluir
  2. delicia seria incluir a minha esposa junto nessa brincadeira com vcs e os vizinhos

    ResponderExcluir
  3. nossa que delicia como adoro contos assim...li tudo imaginando ser aminha esposa no lugar da personagem que delicia fantasiar isso assim
    se amigos quiserem fantasiar assim pensando na minha esposa adoraria meu email esse parceiroszz2010@hotmail.com

    ResponderExcluir