Total de visualizações de página

sábado, 29 de abril de 2017

MINHA ESPOSA GOSTOSONA E MEU TIO ABUSADO FINAL

Olá, depois de tudo que aconteceu, sentia que ia ser corno e não ia demorar nada, no dia seguinte estava eu e meu tio na cozinha tomando café e minha esposa aparece usando um camisão meu com suas coxas grossas todas de fora, meu tio deu bom dia a ela e ela me deu um beijinho de bom dia e ficamos tomando café e conversando, logo depois ela começou a arrumar as coisa é foi mexer no armário que fica a cima da pia quando ela levantou os braços o camisão subiu e ela ficou com o rabão todo de fora e pra minha surpresa ela estava sem calcinha, meu tio ficou doido e falou que isso minha sobrinha, que rabo lindo ela acho que percebeu que estava com bunda de fora e deu um sorrisinho, meu tio na maior cara de pau falou minha sobrinha você é gostosa demais pra ser mulher de um homem só, você tem que ser mulher de corno e riu ela riu e disse tá ouvindo isso amor eu totalmente perdido sem saber o que dizer e ela falou tio tô começando a pensar nisso e começou a rir, nessa hora meu tio deu um sorriso safado e falou, minha sobrinha quando você resolver fazer meu sobrinho de corno lembra de mim e levantou dizendo que ia tomar banho, a Paulinha ficou rindo e falou tá vendo amor como seu tio é abusado, meu tio foi para o banheiro e eu perguntei Paulinha a o que é isso? Ela rindo disse relaxa amor é brincadeira e continuou a arrumar o armário eu disse ela que ia na oficina levar o carro para trocar o óleo, sendo que fiquei com a pulga atrás da orelha deixei o carro na oficina e voltei a pé pra casa e entrei e fiquei observando pela janela e vi meu tio de pé na porta da cozinha só de cueca e como sempre com a picona quase furando a cueca, ficaram conversando e meu tio falava pra ela que ela era linda e que tinha uma bunda linda e gostosa a safada da minha esposa ficava rindo, meu tio já apertava a picona na cara de pau, e ele disse que ainda tinha sobrado alguns pelos na virilha e se ela poderia raspar pra ele ela disse sim, e ele já estava com o prestobarba na mão ela então abaixou na frente dele e pediu pra ele baixar a cueca, ele falou pra ela fazer o trabalho completo e começaram a rir, ela segurou a cueca dele e puxou pra baixo nisso salta uma picona dura, grossa, cabeçuda e bate forte no rosto dela, ela da um gritinho como se tivesse levado um susto e começou a rir e ficou admirando aquela picona grande e grossa, segurou e passou o prestobarba e meu tio falou ai e ela falou o que foi tio ele disse o prestobarba beliscou ela disse machucou tio ele disse sim tá doendo e ela disse onde foi, ele falou aqui e ela deu um beijinho na virilha dele bem acima da base da picona dele, ele disse mais pra baixo e ela disse para seu safado e riu eu não sabia o que fazer e sem pensar direito corri para o portão e fiz um barulho, quando entrei em casa ela estava sozinha na cozinha e não vi meu tio,cheguei na cozinha ela veio me deu um beijo como se nada tivesse acontecido,no mesmo dia a tarde eu fiquei sentado na sala pensando em tudo que estava acontecendo, minha esposa disse que ia ao mercado comprar algo para o almoço e saiu eu continuei sentado pensando e meu tio apareceu na sala e sentou a minha frente e num misto de coragem e medo falei pra ele que tinha visto o que aconteceu e que ele tinha que ir embora, meu tio riu de mim e falou nem fudendo que eu vou embora antes de fuder sua mulher todinha, eu fiquei irado e levantei para agredir ele e ele mais forte que eu me deu um tapa bem forte no rosto que cheguei a ficar tonto e falou se fizer isso de novo eu vou te dar a maior surra da sua vida, eu fiquei morrendo de medo dele até pq eu nunca fui valente, ele mandou eu sentar no sofá e obedeci, ele tirou aquela pico na pra fora e ficou alisando ela na minha frente falando e debochando de mim, me chamando de corno frouxo e dizendo que ia fuder minha mulher e que ia gozar na boca e na cara da minha esposa, eu apenas tremia e não sabia o que fazer ele se levantou e falou pra mim que era pra eu convencer minha esposa a transar com ele se não ele ia mandar uns amigos dele me espancar e me quebrar todo, eu na realidade sabia que ele jamais faria aquilo mais a situação me deixou com muito medo e começou a me dar tesão, e ele falou repete o que você vai fazer, eu fiquei calado e ele deu outro tapa forte no meu rosto, e falou repete seu corno, eu falei, eu falei baixo convencer minha mulher a transar com você, ele deu outro tapa na minha cara e mandou eu falar alto, eu comecei a falar alto, vou mandar minha esposa foder com você tio, ele começou a rir e disse bom menino, e foi para o quarto dele, eu fui para o banheiro tomar um banho e fiquei pensando no que tinha acabado de acontecer e quando dei por mim meu pau estava duro feito pedra e eu alisando ele pensando na minha mulher mamando a picona do meu tio, pensei muito, muito mesmo sobre o rumo que a minha vida ia tomar depois de tudo e acabei aceitando fazer o que meu tio tinha me pedido mesmo sabendo que ele jamais mandaria alguém me agredir, no mesmo dia a noite chamei a Paulinha pra sair só eu e ela ela ficou contente e se produziu todinha, ficou ainda mais gostosa do que nunca, fomos a um restaurante jantamos e eu conversamos e eu disse a ela que tinha visto o que aconteceu mais cedo entre ela e meu tio ela tentou desconversar eu falei que tinha visto o beijo que ela deu nele, ela ficou muito sem graça e nervosa e pediu perdão e que foi apenas um gesto no impulso, e disse que tudo bem que não tinha ficado bravo e ela se surpreendeu e como assim eu disse que não tinha ficado bravo pq se aquilo havia acontecido em parte era por minha culpa também, ela rindo disse amor nisso eu concordo com você, você deixou eu depilar a virilia do seu tio viu eu ficar com aquela rola enorme a poucos centímetros do meu rosto e segurar com força aquela pica grande e grossa e não falou nada, eu abaixei a cabeça e falei eu sei amor é tudo culpa minha, conversamos mais um pouco e fomos pra um hotel fudemos muito ela estava mais tesuda mais safada, no dia seguinte, já a noite comecei a pensar em como convencer ela a fuder com meu tio, e já no nosso quarto chamei ela pra ver um filme de sacanagem coisa que nunca fizemos ela estranhou mais aceitou e coloquei no site xvideos e escolhi o tema cuckold onde vários atores caralhudos fodiam as esposas na frente do marido, ela perguntou que tipo de filme era aquele eu me fiz de bobo e disse que não sabia que tinha começado sozinho e tal, e disse que ia mudar de filme ela, falou não deixa aí, e ficamos assistindo, aí ela falou amor isso aí é filme de corno que gostam de ver suas esposa sendo fundidas e deu uma risada safada, eu mais uma vez me fiz de bobo e falei que não sabia, ela me olhou e falou sei, em outra cena apareceu um ator igual, mais muito parecido com meu tio até a picona do ator era enorme igual a dele, quando ela mesmo se ligou falou amor olha esse ator é muito parecido com seu tio, olha o tamanho dessa pica, e ela começou a alisar meu pau, e falou amor você está querendo me dizer alguma coisa com esse filme, eu sem graça disse não, ela então deu um sorriso de puta safada subiu em cima de mim e falou tem certeza, eu acho que você quer me dizer alguma coisa, eu fala o que você quer, fala, eu falei amor, ontem quando vi vc segurando a picona do meu tio e deu aquele beijo e fiquei morrendo de tesão, ela ficou seria é falou sério amor, ficou com tesao de corno é? Eu respondi sim amor fiquei sim, ela falou é só você pedir que eu encho a sua cabecinha de chifre seu corno safado, ela dizendo isso me deu muito tesão, eu então pedi pra ela sentar que eu queria conversar com ela, ela então sentou na cama e eu sentei do lado dela e comecei a falar, amor eu não sei porque não como, mãos estou louco de vontade e tesao de ver você transando com o meu tio, ela me olhou e pra minha surpresa ela falou amor eu vou ser sincera com você eu morro de tesão no seu tio, ainda mais depois de ter visto e segurado a maior rola que eu já vi na minha vida, e é só você falar que quer ser corno do seu tio pauzudo que eu fodo com ele, mais me fala olhando nos meus olhos, eu então olhei nos olhos dela e falei amor eu quero ser corno do meu tio, quero que você foda muito com ele, ela falou você tem certeza, eu disse sim, mais tem uma condição, eu não quero que ele saiba que eu sei é quero ver vocês fudendo, ela falou, nossa amor que delícia, aí ficamos bolando um plano de como agiriamos, o que vai ser contado a seguir, no dia seguinte uma sexta feira, estávamos na sala e meu tio nos chamou para ir no forró ela prontamente aceitou e a noite na hora de ela se arrumar ela me chamou e falou assim amor vem cá me chamou no banheiro e falou assim, corno vem raspar a bucetona da sua esposinha, pq seu tio vai comer muito ela hoje, eu cheio de tesao comecei a depilar ela, ela ia falando isso corno deixa ela bem lisinha, e eu morrendo de tesão, deixei apenas um fiozinho de pelos acima de bucetona dela, saímos do banho e ela falou agora corno escolhe a roupa da sua esposinha puta que vai fuder muito com o seu tio hoje, escolhi uma mini saia de lycra preta que deixava ainda mais evidente o tamanho do seu rabão e suas coxas groxas a mostra, escolhi um topzinho com a barriguinha de fora, e uma calcinha branca que na frente era transparente e atrás tinha um anel que era só um fio, e fomos para o forró, via meu tio dançando com ela e segurava a bunda dela apertava e ela dançando, teve uma hora que ele foi ao banheiro e ela me falou amor seu tio está com o pau muito duro e falou que tá doidinho pra me fuder gostoso, aí nosso plano começou a entrar em ação, fomos pra casa e eu me fingindo de bêbado a ponto de precisar ser amparado por eles, me puseram no quarto e fingi dormir, e ouvi meu tio dizendo que ia tomar um banho e ia ficar na sala vendo TV, e saiu do quarto ela veio até mim e falou amor, você tem certeza que quer isso mesmo, eu falei sim, quero ser corno do meu tio ela rindo falou ainda bem que você não desistiu pq hj eu vou gozar muito naquela pica dele, agora vou me aprontar foi tomou um banho e voltou colocou um shortinho branco transparente onde dava pra ver facilmente o filetinho de pelos em cima da buceta dela, e com uma camiseta ladra onde seus seios ficavam quase todos de fora, onde qualquer movimento dava pra ver os biquinhos deles, e foi pra sala, saiu deixando a porta encostada, e foi pra sala eu esperei uns 10 minutos e fui pra sala na ponta dos pés, vi meu tio e ela conversando e falou minha sobrinha você é muito gostosa meu sobrinho é louco de beber até dismaiar e deixar uma mulher gostosa assim aqui comigo, depois eu falo que ele tem cara de corno e ele não gosta, ela riu e falou, com cara de safada só se tiver cara de corno do tio né, só se for, meu tio não se aguentou e agarrou ela é começaram a se beijar se agarrar, se chupar aí ela falou tio me mostra essa picona mostra, ela fazia como tínhamos combinado ficavam em uma posição onde eu poderia ver tudo, meu tio tirou aquela picona grande, grossa e cabeçuda pra fora ela perguntou tio eu posso pagar um boquete pra você, meu tio puxou ela beijou sua boca e falou chupa gostosa, ela ajoelhou na frente dele segurou aquela piroca dura ficou admirando e enfiou a cabeçona na boca, e olhou pra onde eu estava, ficou mamando e me olhando, ela gozou chupando o pau do meu tio, que ficou louco levantou ela, rasgou o shortinho dela e jogou ela no sofá de pernas abertas começou a chupar o bucetão dela, ela gemia e falava chupa safado chupa, faz meu marido corno do tio faz, meu tio apontou a picona pra bucetona dela e foi empurrando devagarzinho, ela gemia e ele falava que bucetão gostosa minha sobrinha, e começou a socar com força depois ele colocou ela de quatro e caiu de boca no cuzinho dela, ficou lambendo e ela gemendo e ele empurrou a piroca na bucetão dela, mais socava com muita força que chegava a tirar o sofá do lugar minha esposa só gemia e gozação igual uma puta, ela mandou ele deitar no chão e segurou aquela picona apontou para a bucetona dela e foi sentando engolindo cada centímetro daquela piroca,fuderam por quarenta minutos e ela pediu pra meu tio gozar na cara dela, meu tio colocou ela de joelho e ficou batendo com a rola na cara dela, e ela mamava igual uma Bezerra, meu tio falou que ia gozar ela abriu a boca e meu tio começou a gozar na cara dela na boca, gozou muito, deixou a cara dela toda melada com sua porra quente e grossa, eu fiz um barulho, ela se levantou e ele correu pra quarto ela veio até o quarto bateu a porta e falou pronto amor agora você é corno do seu tio, e pediu pra mim tirar uma foto do rosto dela cheio de porra, tirei a foto e ela foi tomar banho, voltou cheirosinha disse que ele tinha uma rola deliciosa, e que gozou muito, dormimos agarradinhos no dia seguinte acordei não vi minha esposa, quando sai do quarto ouvi um barulho no quarto doeu tio, corri para o quintal, e olhei pela fresta da janela e vi ela boquete do meu tio até ele dar leitinho na boquinha dela de novo, meu tio ficou em minha casa mais dez dias e todos os dias ele fodia minha esposa rabuda gostosa, fazia ela gozar e dava leitinho na boquinha dela,e eu virei o corno do meu tio abusado e caralhudos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário